Meu Preferido para Almoço no Mundo!

16 de junho de 2014

Dá até medo começar o post com um título desse. Aquele papo nosso de sempre de que a expectativa é o primeiro passo para frustração e tal. Mas a real é que sempre que paro para pensar qual meu restaurante preferido no mundo fico muito em dúvida. Amo comer e amo conhecer lugares novos (quem me acompanha aqui faz tempo não guenta mais ler isso! Mas é a mais pura verdade!), ou seja, tenho um preferido para cada tipo de comida, sabe? Alguns preferidos na lista.

Mas aí, respondendo entrevista para uma revista de Londres semana passada, eu tinha que indicar um lugar para comer no Brasil. Um. Só um. Aí babou… Aí fiquei completamente enrolada. E acabou que fui no Ritz. Meu preferido para o almoço! Falando assim (para almoço!) tira um pouco a responsabilidade de “melhor do mundo”! 😉 Então boralá para ele…

Vocês com certeza já viram fotos e mais fotos de bolinho de arroz no meu instagram. Certeza aboluta! Sempre que volto a São Paulo trato de marcar a primeira reunião que aparecer lá. Ou encontro com os amigos. Ou vou sozinha mesmo entre um compromisso e outro. Não exite Ritz no Rio (o que eles estão esperando?!) então fico sonhando com o bolinho. E o relish (esse verdinho adocicado m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!) que acompanha. Brinco que como relish com bolinho. De tanto que amo.

Aí, quando tem mais gente na mesa, peço os hamburguinhos (dos d-e-u-s-e-s!) e porção de croquete. É tudo muito, muito, muito gostoso. Agora o bolinho, para mim, é a melhor entrada (junto com pastel de brie do Guimas e com a burrata do Bar Pitti, em NY!) da vida. Uma boa dica é pedir para mandarem a porção cortada no meio. Vem o dobro de bolinhos em tamanho menor. Mais crocante. Gosto mais! Tô sofrendo aqui só de falar deles… Affff!

Meu número um do cardápio é o bife a milanesa com purê de espinafre e batata frita. No começo eu trocava o purê por alguma outra coisa. Anos atrás. Até o dia que resolvi provar com o purê original do prato. E nunca mais troquei. Bom demais. Muito, muito bom. Batatinha frita de lá é especial.

Pra turma mais light, amo também o filé mignon com manteiga de salsinha e purê de batata. Carne desmancha na boca. Ainnn… Tá sofrido escrever esse post! Tá me deixando com desejo e tô longe de São Paulo! 🙁 Mas prosseguimos…

Para fechar o time dos meus preferidos do cardápio, uma massinha e um burgão pra turma do trash (and delicious!) food!

Linguine de cogumelhos, yumyyyy! E o hamburguer deles que já levou mil prêmios de melhor da cidade. Eu curto o cheeseburguer (com queijo cheddar derretido no pão com gergelim, tá bom para vocês?) mas costumo comer só os minide entrada. Porque é difícil abrir mão do meu bife a milanesa. Beeeeeem difícil!

Ufa. É isso! Tem para todos os gostos, vocês viram?

Carne, massa, hamburguer… Tem mil saladas também, quiche, mas é que nunca comi então nem vou falar. Ahhhhh, outra coisa importantíssima: TAÇA DE MORANGO! Musa, musa, musa! Mas só tem quando é época… Então torça para dar sorte de ter no cardápio quando você for. É a cereja do bolo. Você vai lembrar de mim!

😉

  • Facebook
  • Compartilhe

Curta - Julia Faria

Curta

Comentários


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/juliafaria/www/wp-includes/functions.php on line 3734

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/juliafaria/www/wp-includes/functions.php on line 3734